Adbox

STF endurece Lei Maria da Penha

LightBlog

O Supremo Tribunal Federal tornou mais complicada a situação dos homens que agridem as mulheres no ambiente doméstico.  A Corte decidiu, nesta quinta-feira, por 10 votos a 1, que a abertura de ação criminal contra o responsável pela lesão corporal não está mais condicionada a uma representação da vítima. Essa decisão permitirá que o processo seja aberto mesmo se a mulher não prestar queixa.  Agora, diante de denúncias de terceiros, como parentes ou vizinhos, o Ministério Público poderá acionar o responsável pela agressão, livrando a mulher de sofrer pressões psicológicas e econômicas por parte do agressor.

0 Comentário(s):

    Ainda não há comentários.