Adbox

Uma lasanha improvisada

LightBlog

Amizade, neste sábado, o filho número quatro, que atende pelo nome de Dennys, chegou em casa lá pelas 4 horas da tarde, junto com a candidata a nora Priscila, perguntando se eu já tinha almoçado. Respondi que após sair do trabalho havia passado num supermercado e ainda pensava no que ia fazer para comer.

Carregado de sacolas, esse herdeiro das minhas dívidas, qualidades e defeitos disse que ia fazer uma lasanha de arroz. Eis que senão quando, ele e a companheira se lembraram que esqueceram de comprar carne moída para enriquecer o molho.

Sugeri que fizessem um picadinho usando parte da carne de suíno que eu havia comprado para assar com batatas para o almoço de domingo. O Dennys optou por usar para o seu molho a salsicha que eu comprei para fazer hot dog. Isto posto, ele e a candidata a nora foram à luta, prepararam o arroz, o molho com salsicha, montaram a lasanha e levaram ao forno.

Quando pronta, a lasanha ficou demais. Leve e saborosa. “Comi que até intorti”, como diz meu considerado concunhado Oliveira, lá de Fartura. Foi naquelas bandas que eu fiz, pela primeira vez, entre outras coisas, uma lasanha de arroz, outra de mandioca e por fim me aventurei a fazer cuscuz como manda o livro de receitas da Dona Benta, minha bíblia da cozinha. Ele já tem quase 60 anos de bons serviços prestados à nossa família.

Agora, a dúvida cruel: o que eu faço para o almoço deste domingo, pra não perder para a lasanha do Dennis?

Acho que vou levantar com enxaqueca.

Bom apetite a todos que me acompanham pelo blog.

 

 

0 Comentário(s):

    Ainda não há comentários.