Adbox

Vamos à luta, companheiro?

LightBlog

Amizade,

Apesar de duas ou três opiniões contrárias, creio que venci com êxito o meu primeiro mês como segurança (eu me considero vigilante) de loja.

Conforme relatei anteriormente, em Contos e Crônicas, no texto “Mamãe, o vovô tá bonito!”, esta foi a profissão que adotei depois de encarar vários bicos, nos últimos três anos, enquanto aguardava uma nova oportunidade de voltar ao Jornalismo, atividade que abracei há mais de 40 anos. Três colegas, bem mais jovens, contratados como seguranças (ou vigilantes), que começaram comigo, ficaram pelo caminho logo nos primeiros dias, por motivos que não interessa relatar.

Agora, o organismo já está melhor adaptado ao esforço físico exigido na minha nova atividade, que me obriga a ficar 11 horas em pé, quase imóvel, com uma hora de intervalo para almoço. A expectativa, neste momento, é pelo recebimento do primeiro salário regular nesses três últimos anos de incertezas no campo profissional. Com ele, poderei comemorar com algo um pouco mais sofisticado que a simples, porem deliciosa limonada do começo desta história.

Hoje, percebo que a decisão tomada quando a luz se apagava no fim do túnel já está fazendo bem para o corpo e para a mente.


 



 

0 Comentário(s):

    Ainda não há comentários.