Adbox

Consequências de uma noite mal dormida

LightBlog

Neurologistas do Hospital das Clínicas da  USP alertam que maus hábitos causam 60% dos distúrbios do sono. Os restantes 40% são atribuídos a ansiedade e depressão. O consumo de café, chá preto, chocolate e bebida alcoólica à noite é o principal responsável pela falta de sono. As mulheres são as principais vítimas. Exercícios físicos também não são recomendados no período noturno. A adrenalina deixa o cérebro em sinal de alerta e prejudica o sono. Sem dormir direito, as pessoas apresentam cansaço e ansiedade durante o dia - fatores que irão comprometer o sono à noite. O Grupo do Sono da Clínica de Neurologia do HC atende pessoas com distúrbios do sono por meio de agendamento feito por um dos Ambulatórios de Especialidades da Secretaria da Saúde.

Fonte: Hospital das Clínicas

0 Comentário(s):

    Ainda não há comentários.